Conheça o time de ouro da Performance

Compartilhe

LUTA: conheça o time de ouro da Performance.

    Diversas modalidades oferecem ao Brasil a oportunidade de destacar atletas no universo das lutas: seja com o campeão mundial de judô David Moura, seja a equipe de boxe do Palmeiras, a Performance Nutrition faz-se presente apoiando os atletas.
    2017 certamente é um ano de ouro para o judô brasileiro. Em junho, o judoca mato-grossense, David Moura conquistou medalha de ouro ao vencer o cubano Alex Garcia Mendoza na final do Grand Prix de Cancún, na categoria peso pesado (+100kg). Com o resultado, ele somou pontos e se tornou o judoca número 1 no ranking mundial da categoria. É bom lembrar que ainda em maio, depois de vencer suas três primeiras lutas, David Moura garantiu a medalha dourada ao superar Levani Matiashvili, da Geórgia, na final do no Grand Slam de Ekaterinburg, na Rússia.
    David sempre gostou de judô, cresceu vendo o seu pai dar aulas e ouvindo as suas histórias, que foi bronze no pan-americano do México em 1975 e do tio, que também foi da seleção brasileira. Aos 20 anos, David decidiu fazer do judô sua profissão e teve todo o apoio da família. “Com o apoio da minha família foi possível continuar em Cuiabá, onde hoje tenho um centro de treinamento de alto nível, tão bom quanto os dos grandes centros com uma equipe dedicada a mim possibilitando chegar onde estou hoje”, conta.
    A rotina de treinos do campeão é intensa. David treina de segunda a sábado, duas vezes ao dia. No período da manhã, dedica-se à preparação física e musculação e, durante a tarde, treina judô, alternando os dias com treino de Jiu-Jitsu.
    Para ter energia e disposição nesta rotina puxada, David tem uma alimentação equilibrada e destaca a suplementação para alcançar o desempenho desejável.
    “Pela manhã, tomo hipercalórico Mighty Mass 3000 + Amino Science BCAA Powder batido com frutas variadas como pré-treino. Após o treino matutino, tomo Glutamine Recovery + Pepto Fuel. Almoço verduras, carboidratos complexos como mandioca e batata doce e proteínas de alto valor biológico”, destaca. “Meus treinos são muito intensos, por isso, o papel da Performance Science Nutrition é fundamental na minha recuperação. Com esses produtos de altíssima qualidade, eu me sinto sempre pronto e recuperado para a próxima sessão de treino. O que com certeza me fez evoluir muito dentro do esporte”, explica.
    E os sonhos de David no esporte não param. “Quero subir no lugar mais alto do pódio da minha próxima competição, o Campeonato Mundial de Judô,que é a competição mais dura do ano. Depois, meu foco está nas Olimpíadas de Tóquio em 2020. Por fim, meu maior objetivo é poder ajudar cada vez mais pessoas através do judô que para mim é muito mais que um esporte, é um caminho de vida”, completa.

Uma galeria de conquistas

    Tricampeão mundial e penta no Pan Americano faixa preta no Jiu-Jitsu, Michael Langhi é mundialmente conhecido por seu desempenho. A estrela do Jiu-Jitsu brasileiro começou a treinar aos 17 anos de idade em São Carlos – SP. “Treinava capoeira e meu professor, que treinava Jiu-Jitsu me convidou a fazer um treino. Me apaixonei e, quando me dei conta, havia deixado de lado a capoeira, e passei a me dedicar totalmente à arte suave”, lembra.
    Mas, para conquistar todas estas medalhas, a rotina não é fácil não. Michael faz 10 sessões de treino por semana, 7 de Jiu-Jitsu e 3 de preparação física.
    Neste contexto, a suplementação é muito importante, por conta do alto desgaste.
    “Utilizo suplementos de alta qualidade, que é o que preciso. O Amimo Science BCAA Powder, por exemplo, tem ajudado muito na minha recuperação, e senti uma melhora no meu desempenho durante os treinos”, conta.
    E a vontade de competir de Michael é inesgotável. “Minha próxima meta como atleta é continuar competindo em alto nível, meu próximo campeonato será em setembro, o Pan-Americano sem kimono, único campeonato de Jiu-Jitsu que não ganhei ainda e que, este ano, terei a oportunidade de disputar. E, claro, ano que vem estaremos de volta em toda temporada: lutarei o Europeu, Pan, Brasileiro e Mundial”, completa.

Futuro no MMA

 O paulista Gil de Freitas é promessa no MMA mundial. Com 12 anos de carreira no esporte, ele é faixa preta de Jiu-Jitsu, graduado pelo renomado mestre Barbosa, e faz treinos em várias modalidades para alto nível. Gil estreou no esporte como profissional vencendo o lutador Fernando Bettega por TKO no 3º Round no Storm Samurai 11, em Curitiba, aos 21 anos. De lá pra cá, foram 24 lutas, com 18 vitórias.
    Entre os pontos altos da carreira do atleta, destaca-se a participação em importantes eventos como o Fury Fight e o Jungle Fight, além dos Reality Show TUF (do UFC), e também do El Campeón Máximo, no México. Gil foi detentor de dois cinturões consecutivamente em dois eventos diferentes nos Estados Unidos e ficou em 1º lugar no TOP 10 do ranking entre os lutadores profissionais de toda New England, em 2016.
    Gil faz três treinos diários para alcançar o melhor desempenho. “Em dias de semana, na parte da manhã faço treinos aeróbicos. De tarde, lutas específicas, e de noite preparação física ou técnicas de lutas”. A alimentação é saudável e equilibrada e a suplementação está sempre presente. “Sem a suplementação não conseguiria suprir minhas necessidades nutricionais. O Serious Performance Gainer, por exemplo, aumenta minha capacidade de força. Os BCAAs mastigáveis ajudam na minha recuperação muscular. O Glyco Fuel, me traz resistência. O Pepto Fuel é excelente quando preciso perder peso para as competições”, explica.
    Gil se mantem sempre muito bem treinado e preparado para as oportunidades. “Como sou faixa preta de Jiu Jitsu, pretendo participar de eventos regionais competindo para tentar me classificar para os mundiais. Estou à disposição das grandes organizações de MMA”, afirma.
Um time inteiro

    O treinador Paco Garcia está à frente do boxe do Palmeiras desde 2010 e, desde então, viu a equipe se tornar referência no esporte no país. “Hoje em dia, quando começa uma competição, todo mundo quer é ganhar do Palmeiras. Vemos que este é um dos únicos clubes que realmente incentiva e tem o esporte como equipe no Brasil atualmente”, conta.
    Paco relata que a equipe sempre chega como favorita graças a muitos treinos. Os meninos acordam cedo e 7h30 já iniciam os treinos físicos na academia. No período da tarde, o foco são os ensinamentos táticos e o técnico é extremamente dedicado e perfeccionista.
    O treinador vivenciou chegadas e saídas e muitos títulos individuais conquistados pelos atletas. “Costumamos sempre chegar como favoritos nos torneios e sempre saímos entre os três primeiros colocados, mesmo quando comparecemos com poucos atletas”.
    Cosme Nascimento, 23, uma das grandes promessas do time, lembra com saudade de como se apaixonou pelo esporte. “Eu ouvia o Galvão Bueno gritar, ‘vai, Popó’ ainda nos anos 1990 e eu torcia tanto por ele! Com 14 anos já deixei minha cidade para seguir a carreira do boxe”. Ele é Pentacampeão Paulista e Tri Campeão Brasileiro na categoria superpesado e uma das promessas do boxe brasileiro para as Olimpíadas de 2020.
    Seu colega de treinos, Leanderson Conceição, 21, deixou Cruz das Almas na Bahia em 2011 para se unir ao time. Disputando pela categoria 52 kg Elite, o atleta é o atual campeão paulista e também coleciona medalhas e troféus. “Falta agora meu espaço na seleção e depois uma medalha. Quem sabe um dia, serei campeão mundial”, sonha.

Nutrição que traz resultados

    A doutora Alessandra Paula Nunes, nutricionista da equipe de boxe do Palmeiras explica que os suplementos auxiliam nas condutas no dia a dia, proporcionando melhora na performance e auxiliando infinitamente na fase de redução de peso, onde o volume da dieta muitas vezes é diminuído ao extremo.
    Ela conta que cada atleta tem a sua indicação de suplementos, o que varia também de acordo com cada etapa do treinamento e do objetivo. “Por exemplo, para um superpesado, cujas calorias da dieta chegam a alcançar 8.000 Kcal, é insano pensar em atingir esse volume sem o uso de suplementos. Nesse caso, os hipercalóricos nos auxiliam no suporte nutricional”.
    De acordo com Alessandra, nas fases de redução de peso, onde as calorias da dieta sofrem ajustes, e não se pode reduzir o rendimento do atleta, o uso de BCAA é fundamental para manter o aporte proteico e reduzir a fadiga central. Já durante as competições, onde o sistema imunológico dos atletas precisa estar em 100%, o uso da glutamina auxilia a blindá-lo.
    Força muscular, energia, explosão e recuperação estão todos diretamente ligados ao que o atleta de ponta ingere. “É notória a diferença de rendimento e de resultados nos atletas que têm suporte nutricional adequado e podem contar com o auxílio de suplemento alimentar. Isso, sem dúvida, gera resultados e forma campeões”, finaliza.